segunda-feira, 5 de outubro de 2009

Pensamento Comentado: Provérbio Chinês

Esta é a primeira postagem com um pensamento comentado. Como desejo, primeira de várias. Pretendo regularmente aqui no Páginas Incadernadas comentar alguma frase que traga idéias interessantes e produtivas. A primeira é um provérbio chinês.

"As mais altas torres começam no chão."Uma torre alta aparece imponentemente aos olhos de todos. Ela é sinal de engenho, esforço e perseverança, porque, para construí-la, necessita-se de muitos cálculos e planejamento, muita mão de obra lidando com serviços pesados; e, por fim, é preciso perseverante continuidade nos trabalhos, porque o labor se dá gradualmente e não todo de uma vez.

A torre simboliza, nesse contexto, uma vitória muito grande e visível perante os olhos de todos. Mas deve-se sempre lembrar que, para alcançá-la, foi necessário começar do mais simples e do mais básico, para enfim alçar grandes altitudes. Os estudos, o emprego, a família, o convívio social e tantos projetos de vida podem ser altas torres; mas deve-se sempre começar do que é mais básico, do que aos olhos de outras grandes torres já construídas parece insignificante.

Ainda, o provérbio dá margem também para a interpretação de que, por maior que seja a vitória alcançada na vida, as suas bases devem sempre ser cuidadas. Não se deve olhar para o topo e esquecer-se das bases, porque, se não se pode destruir uma torre pelo alto ou se isso é muito difícil de fazer, visto ser muito elevada, contudo, é possível e mais fácil pelo chão; e é sabido que muitas coisas minúsculas destroem coisas grandiosas pela insistência e pela astúcia.

Rouver Júnior
------------------------------------------------------------------------------
O provérbio foi extraído do site www.livrepensar.net e a imagem do blog rafamaiax.blogspot.com. O edifício é o Burj Tower.

4 comentários:

Maiana disse...

Enquanto lia a postagem, lembrei – me destes versículos; “ Todo aquele, pois, que escuta estas minhas palavras e as pratica, assemelha-lo-ei ao homem prudente, que edificou a sua casa sobre a rocha; E desceu a chuva, e correram rios, e assopraram ventos, e combateram aquela casa e não caiu, porque estava edificada sobre a rocha.” (Mateus 7.24.25); creio que há relação com o provérbio.

João Paulo disse...

Pequeno e com um bom ensinamento. É, este me serviu...

Rouver Júnior disse...

Olá, Maiana.

Há certa ligação entre o provérbio e o ensinamento de Cristo sim. Nós precisamos ter as nossas vidas edificadas sobre a Rocha Eterna, que é Cristo, porque não adianta nada construir muita coisa sobre a areia. Virão ventos, e rios, e chuvas; e pelas bases se verá se a casa permanece ou é derribada. Me vem a mente outra passagem bíblica, em que Jesus pergunta: que adianta ao homem ganhar o mundo inteiro e perder a sua alma?
Assim, pergunto: que adianta fazer da vida uma grande torre, se as suas bases estão sobre a areia, e breve cairá?

Muito obrigado pela participação, amiga. Que Deus continue te abençoando.

Rouver Júnior disse...

Olá, João Paulo.

Muito obrigado pela tua participação.

Que bom que o texto te foi útil!

Deus te abençoe.