sexta-feira, 10 de abril de 2009

Morte e vida

Por um homem o pecado entrou no mundo e pelo pecado a morte, mas por outro veio a ressurreição e a vida. Quem são esses homens?

Deus criou os céus e a terra, os animais e tudo o que existe, incluindo o ser humano. Adão foi feito o primeiro homem vivente, a quem foi dada por companheira e adjuntora a carne de sua carne e ossos de seus ossos, Eva. Pela tentação de Satanás, Eva pecou desobedecendo a Deus e dando de comer do fruto que Deus havia restringido a Adão.

Por Adão entrou o pecado no mundo, por causa da desobediência, e, como o salário do pecado é a morte, entrou no mundo com o pecado a morte. Por isso que depois de Adão todos morreram. Não fosse o pecado o homem não morreria, porque não foi feito para morrer, mas para viver.

Assim, por causa de Adão todos foram feitos pecadores e destituídos ficaram da glória de Deus. Sobre a terra não havia um justo sequer. Como Deus não tolera o pecado, estando o homem afundado no lamaçal do pecado, a ira de Deus veio ardentemente sobre o ser humano, tanto homem quanto mulher.

Deus, sendo sempre Senhor Soberano sobre tudo e todos, poderia simplesmente aniquilar todo o homem de sobre a face da terra. Deus é Justo Juiz que se ira todos os dias e tudo está nas mãos de Deus, que tem poder tanto para colocar o homem no céu como para lançá-lo no inferno. E o homem respirava pecado e perversidade e Deus poderia, se quisesse, lançá-lo imediatamente no inferno. Mas Deus também é Deus de misericórdia. As misericórdias de Deus renovam-se a cada manhã. Todos os dias Ele se ira por causa do pecado, mas as suas misericórdias, que são a causa de não sermos consumidos, renovam-se ao nascer do sol.

Mas o ser humano estava no pecado e inevitavelmente seu destino era o inferno, não fosse a suprema e unicamente divina ação de Deus em favor dos eleitos, que escolhera desde antes da fundação do mundo.

Deus deu o seu único Filho para levar sobre si todos os nossos pecados e ser moído pelas nossas transgressões, suportando o castigo que era para nós e as nossas enfermidades. Jesus Cristo cumpriu toda a obra redentora perfeitamente, morrendo morte de cruz e ressuscitando ao terceiro dia.

Esse é o segundo homem, o segundo Adão. Por Adão entrou o pecado e a morte no mundo, por Jesus Cristo veio a ressurreição e a vida. Todos morrem em Adão, todos vivem em Cristo.

Mas a história poderia passar despercebida por você, leitor, se não fosse o que tenho para dizer agora.

Cristo cumpriu toda a obra redentora, cravou na cruz a nossa condenação e expôs publicamente os nossos derrotados inimigos. Contudo, para que a obra de Cristo faça a diferença na tua vida, você precisa abraçar a Jesus Cristo como o Filho de Deus, o Messias, o Salvador de tua alma, a expressa imagem de Deus e um com o Pai, entregando-lhe a tua alma e todo o teu ser. Você precisa considerar a mensagem da cruz em teu coração como a magnífica ação de Deus em teu favor. Caso contrário, você não receberá a graça de ser justificado pela fé em Cristo, porque resignadamente você não o quer, e de ser salvo pela graça de Deus. Você continuará debaixo do pecado, e da morte, e da ira de Deus, sendo inimigo de Deus pelo teu próprio entendimento, sendo trevas, escravo do pecado, marionete de Satanás, vivendo em uma vã maneira que por tradição você recebeu de teus pais.

A mão do Senhor Jesus ainda está estendida para te arrancar do charco de lodo, lavar-te de toda a imundície e firmar os teus pés sobre a rocha, fazendo-te um santo de Deus, alvo, puro, limpo, imaculado.

Para tanto, você precisa, amigo, de ter responsabilidade com a tua própria alma e arrepender-se dos teus pecados e reconhecer que você precisa de Jesus Cristo para ser salvo e viver realmente, porque, relembrando, pelo pecado entrou a morte no mundo. Todos os que estão no pecado estão mortos para Deus.

Por isso a expressão a ser usada agora é: Arrependa-te.

(Rouver Júnior)

2 comentários:

Antonio Regly disse...

Amado irmão Rouver,
Continue pregando a palavra, pois a salvação vem pelo ouvir e o ouvir a palavra de Deus.
A ressurreição de Jesus nos dá a certeza de que muito em breve entraremos no gozo do nosso Senhor.
Uma boa Páscoa para você, família e irmãos na igreja.
Do amigo e irmão em Cristo,
Pr. Regly

Rouver Júnior disse...

Pr. Regly, muito obrigado pelo teu precioso comentário.

Com certeza, irmão, continuarei pregando a Palavra de Deus, porque é o poder de Deus para a salvação de todos os que crêem, primeiro do judeu e também do grego.

Em breve, pastor, entraremos nas mansões celestiais e veremos face à face o nosso Deus, como Ele é.

Muito obrigado. Tenha o senhor e também tua família e os irmãos que reúnem contigo uma boa Páscoa.

Fica com Deus.

A paz e a graça de nosso Senhor e Salvador Jesus Cristo.